Destaques
....Em atualização

"Sabíamos que ia ser duro" - Zé Pedro

Foi a 17 de novembro do último ano que o Leixões SC, a militar na Segunda Liga, defrontou e venceu o Vitória SC, em Guimarães, do principal escalão, num jogo a contar para a Taça da LIGA. 
Agora a prova é diferente, o adversário o mesmo mas a equipa "B" entretanto promovida às ligas profissionais mas o objetivo é o mesmo. Quem o refere é Zé Pedro, central que recentemente cumpriu o 100.º jogo com a camisola leixonense vestida. 
Atingiu a marca de 100 jogos oficiais pelo Leixões no jogo com o Tondela. O que significa isso para si? 
Zé Pedro – É uma marca muito boa. Não é fácil, com apenas 23 anos, fazer 100 jogos por um clube. Estou muito contente por ter conseguido isso no Leixões. É sinal que os treinadores têm apostado em mim, o que acaba por ser um reconhecimento do meu trabalho. 
Quantos mais pensa fazer? Tem algum número na mente? O recorde de 422 do Nuno Silva pode ser batido? 
O meu objetivo passa sempre por fazer o máximo de jogos possível em cada época. Não traço metas, porque essas etapas vão sendo ultrapassadas naturalmente. O futuro dirá quantos mais jogos conseguirei fazer. Bater o recorde do Nuno? Acho muito difícil alguém o conseguir bater. 
Falemos sobre a época. Como tem sido este início? 
Exigente e difícil. O calendário das primeiras jornadas da Segunda Liga é muito complicado e sabíamos que ia ser duro. Mas acho que, mesmo defrontando adversários quer investiram muito e apostaram forte este ano, temos demonstrado capacidade para nos batermos e alcançarmos o nosso objetivo. Mais cedo ou mais tarde as coisas vão começar a sair melhor. A equipa é nova, recebeu vários jogadores, ainda está em fase de crescimento. Estou certo que com tempo e trabalho vamos melhorar. 
Domingo vamos a Guimarães defrontar a equipa B do Vitória. O que espera desta partida? 
Jogar em Guimarães nunca é fácil, tanto pela qualidade do adversário como pela rivalidade que existe entre os dois clubes. O nosso objetivo para cada jogo passa sempre por lutar pelos três pontos e vamos a Guimarães com esse intuito. Mas defrontar uma equipa B é sempre complicado, porque nunca se sabe quem vai jogar. A equipa pode sempre ser reforçada com jogadores do plantel principal, o que aumenta o grau de dificuldade do jogo. Mas, seja como for, vamos lá com a ideia de trazer os três pontos. Se o ano passado fomos lá vencer a equipa A, é perfeitamente natural que possamos bater a equipa B.
Partilha no Google +

About Hugo M Alves

---.
    Blogger Comment
    Facebook Comment