Destaques
....Em atualização

Sub19 confiantes num bom resultado na Póvoa

Começar com uma vitória a segunda fase. É com este mote no pensamento que Helder Nunes e Lucas, defesa central, deram a antevisão do jogo ao site oficial do clube. Amanhã há jogo na Póvoa diante do Varzim para mais uma jornada do campeonato antes da paragem.

Vamos iniciar a segunda volta do campeonato com uma visita ao terreno do Varzim. Repetir o resultado da primeira volta (vitória por 3-0) é o objetivo antes da paragem da prova? 
 Helder Nunes – O Varzim, desde que o defrontámos (n.d.r. no Torneio Ala Arriba e na primeira jornada do campeonato), reforçou-se com a entrada de alguns jogadores. Vai ser o terceiro jogo frente a este adversário e da nossa parte pode haver um certo relaxamento, por já termos vencido por duas vezes. Já o Varzim vai tentar fazer algo que vingue os outros resultados que teve contra nós. Estou à espera de um jogo muito complicado. 
Que balanço se pode fazer do jogo com o Paços, em que obtivemos uma vitória sofrida? 
A vitória acaba por ser sofrida na parte final do jogo mas, em minha opinião, não sofre contestação, até porque o que levou àquele sofrimento foi a nossa falta de eficácia, sobretudo na segunda parte. Criámos várias situações para fazer o golo mas não conseguimos concretizar. O empate do Paços surgiu numa bola parada, porque de bola corrida não tiveram ocasiões para marcar. Soubemos reagir, ter carácter e ambição e, apesar de escasso, o resultado não sofre contestação. 

Lucas contente por ajudar a equipa 
Vamos defrontar o Varzim. O que se pode esperar deste jogo?  
Lucas – O Varzim evoluiu desde que o defrontámos em agosto. Apesar de estarmos conscientes de que nenhum jogo é fácil, o facto de a equipa estar a subir de produção ajuda bastante. Vamos à Póvoa lutar por mais uma vitória para podermos conseguir alcançar a segunda fase. Mas não vamos poder facilitar diante do Varzim. 
Como é que analisa o último jogo diante do Paços? 
Sabíamos das dificuldades de jogar naquele campo. Foi um jogo em que começámos bem, com posse de bola. Através de um erro nosso eles conseguiram chegar ao empate, mas não baixámos os braços e fomos atrás do prejuízo. Acabámos por conseguir dar a volta e sair com a vitória que era aquilo que queríamos. 
Está a viver os primeiros meses em Portugal. Como é que tem corrido esta experiência? 
Está a correr tudo conforme eu tinha previsto. Os meus colegas têm ajudado bastante para que a adaptação não fosse tão difícil.
Partilha no Google +

About Hugo M Alves

---.
    Blogger Comment
    Facebook Comment