Destaques
....Em atualização

Moedas e Valente: a dupla do Mar

Pontaria não tem faltado a dois jogadores do Leixões, que estão a desenhar um arranque de temporada particularmente feliz: Moedas e Valente. 
Esta dupla tem assumido as despesas da equipa de Matosinhos na hora de chutar à baliza, ao ponto de serem os únicos jogadores de Horácio Gonçalves a faturar na 2.ª Liga. E a divisão dos créditos não poderia ser mais equilibrada, com Moedas e Valente a somarem, cada um, três golos na prova. Na Taça da Liga contam, respetivamente, mais um e dois golos. 
O último capítulo desta história foi diante do V. Guimarães B, com Moedas a abrir o marcador e Valente a bisar, num jogo que terminou empatado a três bolas. 
Em conversa com Record, Valente até assume “algumas brincadeiras” com o companheiro em torno deste registo. “O Moedas marcou primeiro, de penálti, e depois disse-me que eu iria marcar a seguir. E assim foi”, referiu, lembrando que nos duelos com o Benfica B e com o Santa Clara (este na Taça da Liga) também havia sido esta a ordem dos marcadores. 
Perante esta curiosidade, Ricardo Valente diz que “ninguém pensa em ser o melhor marcador da equipa”. “Talvez daqui a uns meses isso possa passar-nos pela cabeça”, atirou. Estes dois protagonistas têm alguns pontos em comum, sendo o mais forte o facto de terem passado pelos escalões de formação do Leixões. Moedas (20 anos) nem chegou a conhecer outro clube, ao passo que Valente (23 anos) até iniciou o seu percurso na escola do FC Porto, tendo posteriormente representado conjuntos como o Sp. Braga ou Feirense. 

Contrariedade 
 Este pecúlio notável do médio e do extremo acaba por ser um pouco abafado pela fragilidade defensiva do coletivo, que já sofreu 8 golos neste campeonato. Torna-se, por isso, difícil ocupar uma posição mais simpática na tabela classificativa. 
O caso de Guimarães acabou por ser o mais gritante: o Leixões, em superioridade numérica desde os 31’, chegou a ter uma vantagem de 2-0 e ainda de 3-2, mas permitiu a recuperação do Vitória B. “Ficámos tristes mas sabemos o que melhorar para que isso não se repita”, apontou Valente.
Texto e foto: Record
Partilha no Google +

About Hugo M Alves

---.
    Blogger Comment
    Facebook Comment