Destaques
....Em atualização

ESPECIAL ELEIÇÕES 2013 - Entrevista a Eduardo Anastásio

Candidato pelo movimento "Devolver o Leixões aos leixonenses", Eduardo Anastásio é o candidato pela Lista "B" às eleições 2013 que se realizam no sábado, dia 15 de junho. 

O que é que o leva a candidatar-se à presidência do Leixões Sport Club?
A presidência é normalmente um lugar de gestão para alguém que tem experiência. Fui convidado por alguns setores, por várias pessoas para encabeçar esta lista e compartimentar os setores dentro do clube com gestores próprios que vão dar à direção. Não me querendo alongar penso que temos que organizar o Leixões, temos que valorizar o voluntariado que existe. Vou tentar fazer melhor mas não sei se consigo muito melhor porque sei que estamos numa época de crise, numa época má não só para as empresas mas também para os clubes e pessoas. Houve pessoas que acreditaram naquilo que eu poderia fazer.

Quais são os seus objetivos para o clube? 
No final dos três anos do mandato espero que o Leixões clube esteja credibilizado, que tenha dinheiro para pagar as dívidas prementes aos funcionários e das coisas mais insignificantes que não são tão poucas quanto isso. Quero colocar os salários em dia dos profissionais do Leixões tendo que estar colaborante com a SAD que seguindo o que foi feito na última época está a realizar um bom trabalho. No final desses três anos iremos fazer o balanço para ver se depois continuaremos ou não com outra pasta. 

O que é para si ser Leixões? 
Ser do Leixões implica ser herói. É fácil ser dos "grandes". Para se ser leixonense temos que ter especiais. Sofremos muito porque o clube é sempre um alvo a abater por outros. Matosinhos é grande, os leixonenses são grandes e, à parte do meu trabalho direi que o Leixões está em terceiro lugar, às vezes em segundo e ao fim-de-semana em primeiro. Sempre foi assim ao longo da minha vida. Ser Leixões implica muito mais do que a bola entrar mas sim salvaguardar aquilo que é nosso. 
Partilha no Google +

About Hugo M Alves

---.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 desabafos :

Anónimo disse...

Na sua apresentação pode ler-se, neste mesmo blog, «… Eduardo Anastásio fala em "credibilizar, reestruturar tudo o que é formação ecleticamente, dar outros horizontes que se foram perdendo pelo caminho" e prossegue, "o clube é que conta e que a SAD é um mero departamento do futebol sénior e queremos, desde já, desvincular-nos dela"... »
Então e agora já quer a SAD e esta tem feito um bom trabalho?
Afinal qual é a posição que defende?
Será que anda ao sabor das marés?