Destaques
....Em atualização

Pedro Correia - "Temos de continuar a ser humildes"

Depois de Rui Sacramento (AQUI), foi a vez de Pedro Correia falar ao site oficial do Leixões Sport Club. O técnico do Futebol Sénior quer atingir a marca dos 50 pontos o quanto antes e para isso conta com o apoio dos "leixonenses" que no sábado vão estar em Braga a apoiar a equipa. Pedro Correia fala ainda das chamadas de jogadores às Seleções Nacionais.

LSC – O Leixões atravessa a melhor fase da época. Em Braga pretende dar sequência à série de vitórias das últimas jornadas? 
Pedro Correia – A ideia é essa. Para nós, é mais um jogo extremamente importante porque queremos atingir rapidamente a meta dos 50 pontos, que nos permite assegurar a manutenção. Mas sabemos que vai ser uma partida muito difícil, pois o Braga precisa de ganhar a todo o custo. Eles estão numa posição complicada na classificação e uma derrota pode colocá-los abaixo da linha de água. Pelo nosso lado, o objectivo é fazer um bom jogo, que nos permita lutar pela vitória e dar continuidade aos resultados desta segunda volta. Reconheço que estamos num bom momento de forma e o que pretendo é que este bom momento passe a ser um estado normal. É para isso que trabalhamos diariamente e sei que temos jogadores com qualidade suficiente para isso. No entanto, temos de continuar a ser humildes e a aplicar-nos ao máximo. 

O Braga tem três baixas por castigo para este jogo. Isso favorece o Leixões? 
Não vejo porquê. O treinador do Braga, tal como os restantes das equipas B, tem à sua disposição dois plantéis e, por isso, muitas soluções para colmatar essas ausências. O Leixões já teve fases em que, entre lesionados e castigados, não podia contar com cinco ou seis jogadores e tivemos de encontrar alternativas. 

Na última semana recebeu duas boas notícias com as convocatórias do Luís Silva e do Hugo Guedes para as selecções nacionais. É o reconhecimento pela boa época da equipa? 
Foi com imensa alegria que soubemos que tanto o Luís como o Hugo tinham sido chamados às equipas de Portugal de sub21 e sub20, respectivamente. Estas convocatórias refletem a boa forma deles e também a da equipa. Qualquer treinador gosta de ver os seus atletas serem incluídos nos trabalhos das selecções. Isso faz com eles cresçam enquanto atletas de alta competição. E, nestes dois casos, o motivo de orgulho estende-se a todo o Clube, pois são jogadores que fizeram toda a formação no Leixões. É de bom-tom realçar que tanto o Luís como o Hugo nunca jogaram noutro lado que não aqui, o que começa a ser uma raridade no futebol de alto nível. Isso valoriza o trabalho que é feito nos escalões mais jovens do Leixões. O que espero é que eles se mantenham nas opções futuras dos selecionadores e que mais jogadores sejam chamados. O João Novais, por exemplo, esteve convocado no início da época para os sub20 e só não foi porque, infelizmente, se lesionou. Ou o José Chastre, um guarda-redes de muita qualidade que, mais tarde ou mais cedo, vai ter o seu espaço. Não me canso de dizer que temos muitos jogadores jovens e de qualidade no Leixões com potencial para servir Portugal. Esta constatação estende-se também aos estrangeiros, que também são jovens e têm valor para jogar pelos seus países. Quem acompanha a equipa regularmente sabe bem que é assim.
Partilha no Google +

About Hugo M Alves

---.
    Blogger Comment
    Facebook Comment