Destaques
....Em atualização

João Novais - "Ser capitão foi um grande voto de confiança"

Promovido a capitão da equipa no jogo que ditou a vitória diante do Marítimo B – após a saída de Cadinha aos 83’ – João Novais falou, ao site oficial, sobre esse momento e sobre o primeiro golo apontado esta temporada com a camisola leixonense. 

No último domingo estreou-se a marcar golos esta época. O que foi mais importante? O golo ou a vitória? 
A vitória, claramente, porque as vitórias são necessárias e moralizam a equipa. Conseguimos um resultado confortável, que merecemos inteiramente, pois fizemos um bom jogo e uma boa exibição. Quanto ao golo, é óbvio que foi bom. É sempre bom marcar, mas tem maior significado quando se ganha, como aconteceu frente ao Marítimo B. Agora vou continuar a trabalhar para que surjam mais golos. 
Foi o fecho de uma semana marcante para si. A meio da semana, apesar do resultado negativo com o Atlético, também viveu um momento significativo, pois foi capitão de equipa pela primeira vez. Como é que foi? 
Foi um orgulho enorme. Ser capitão tão jovem, receber esta responsabilidade é um sinal muito bom. Foi um grande voto de confiança da equipa técnica e do próprio clube. 
O que lhe disse o seu pai, Abílio Novais, ex-capitão do Leixões? 
Ficou muito contente e deu-me os parabéns. Mas chamou-me à atenção para a responsabilidade. Disse-me algo do género: "Eu fui capitão do Leixões durante muitos anos, mas não fui capitão com 21 anos. Significa que tens de ter muito juízo, mas também significa que estão a reconhecer o teu trabalho e a tua qualidade." 
Domingo vamos a Oliveira de Azeméis defrontar a Oliveirense. Como antevê essa partida? 
Vai ser um jogo muito difícil frente a uma equipa que está muito bem classificada. Aquele campo é muito complicado, joga-se sempre com muita luta. Mas nós vamos lá lutar pela vitória e dar continuidade ao bom momento. Era bom regressarmos a Matosinhos com os três pontos, porque ficávamos mais perto dos lugares cimeiros da classificação, logo mais tranquilos e mais perto de atingir os nossos objetivos, que passam por fazer uma época sem sobressaltos e alcançar a permanência o mais rápido que for possível. 
O grupo está confiante para trazer a vitória? 
Está. Nós entramos em campo sempre com a vitória na mente. Em todos os jogos. Ainda não conseguimos ganhar fora esta época, mas vamos conseguir mais jogo menos jogo. O grupo é muito unido e trabalha muito bem ao longo da semana, dando o máximo em cada treino, complicando, no bom sentido, a vida ao treinador. Isso é muito bom, há uma concorrência saudável entre todos, apesar de haver muitos jovens no plantel. Mas os mais velhos e mais experientes ajudam muito a que todos cresçam como jogadores e que percebam a responsabilidade que é jogar pelo Leixões.
Partilha no Google +

About Hugo M Alves

---.
    Blogger Comment
    Facebook Comment