Destaques
....Em atualização

Pedro Correia - "equipa está pronta para este compromisso"

Depois de Calé (AQUI), Pedro Correia fez a antevisão do encontro com o Santa Clara. O técnico acredita que a equipa está preparada para mais este encontro da Segunda Liga 2012/13 e refere que a união pode ser importante nesta fase do campeonato.

Depois de um mês de Janeiro intenso, com seis jogos, como está a equipa para a recepção ao Santa Clara? 
Pedro Correia – Está bem e pronta para mais este compromisso. No domingo vamos ter um dos jogos mais difíceis da época, porque o Santa Clara é uma excelente equipa. Basta recordar as muitas dificuldades que este adversário nos causou no jogo dos Açores. 

Estamos a atravessar a fase mais produtiva da época. Certamente que pretende manter a tendência vitoriosa, não é assim? 
O que é um facto é que a equipa está num bom momento, a trabalhar muito bem e a jogar bom futebol, o que tem contribuído decisivamente para os bons resultados que temos obtido. Mas ainda nos faltam 10 pontos para ficarmos totalmente tranquilos. Convém manter os pés bem assentes no chão porque, se não fizermos mais pontos até final da época, vamos ter problemas. Ainda falta muito campeonato e é preciso continuarmos a ser humildes. É bom lembrar-nos de que já fizemos um total de 33 jogos (26 na Segunda Liga, 5 na Taça da Liga e 2 na Taça de Portugal), mais do que o campeonato todo do ano passado. Ou seja ainda há 16 jornadas para disputar neste campeonato que é mais longo. Portanto, não podemos desconcentrar-nos. 

Essa mensagem é para dentro do balneário ou para a bancada? 
É para toda a gente que gosta do Leixões. Vamos entrar no último terço do campeonato, fase em que tudo se decide, e vai ser preciso muita união, muita compreensão e muito apoio para se atingir as metas traçadas. Por exemplo, neste domingo, em que, repito, vamos ter um dos jogos mais exigentes do campeonato, só conseguiremos somar os três pontos se tivermos muito apoio das bancadas. É preciso que toda a gente tenha consciência disso.

As prestações da equipa têm merecido amplos elogios de todos os quadrantes. Tendo em conta que a maioria dos jogadores é muito jovem, isso é bom ou mau?
Os elogios à equipa são sempre bons, porque é sinal de que estamos a trabalhar bem, mas podem ser armadilhas se não os soubermos interpretar. Têm de ser encarados como fonte de motivação e não serem motivo para se pensar que já conseguimos aquilo que pretendemos. Volto a dizer o que já disse e sei que vou ter de dizer muito mais vezes: temos de continuar a ser humildes e continuar a trabalhar da mesma forma como até aqui. Só assim será possível mantermos a boa onda de resultados.
Partilha no Google +

About Hugo M Alves

---.
    Blogger Comment
    Facebook Comment