Destaques
....Em atualização

Guilherme Pinto solidário com administradores da SAD

Guilherme Pinto, presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, esteve por poucos minutos no auditório do Estádio do Mar e fez questão de marcar presença na reunião do Movimento União Leixonense para dar um “abraço de solidariedade a um amigo extensível a todos os accionistas que com ele foram condenados”. 
O edil de Matosinhos “não quer comentar” a decisão do tribunal de Matosinhos que condenou Carlos Oliveira e três accionistas pelo não pagamento dentro dos prazos do IVA relativo a vários meses de 2008 e de 2009 apesar de reconhecer que “gente disponível para ajudar existem poucos” até porque pensam que o Leixões é sempre beneficiado. Guilherme Pinto recordou 2 patrocinadores que estiveram no clube por interferência da Câmara, casos da Cepsa e do Mar à Mesa, que mesmo esses apoios foram alvo de investigações por parte das autoridades. 
Sem se esquecer de focar a questão da municipalização do Estádio do Mar, o autarca referiu mesmo que o “Tribunal de Contas utilizou o Leixões como bode expiatório na possível compra do Estádio” uma vez que não aceitou numa primeira instância que o negócio vantajoso para ambas as partes (pagamento em prestações a 10 anos) referindo-se a outros estádios do país que tiveram a aprovação por parte do referido Tribunal e que custaram muito mais dinheiro daquilo que custaria a compra do Mar.

Notícias relacionadas
- Câmara não desiste da compra do Mar - AQUI
- Tribunal deduz acusação contra a SAD do clube - AQUI
Partilha no Google +

About Hugo M Alves

---.
    Blogger Comment
    Facebook Comment