Destaques
....Em atualização

Tiago Lenho - "Estar em condições de poder ajudar a equipa"

 
Agarrou a titularidade nos últimos encontros da equipa sénior depois de um início de época em que a lesão que teve o afastou da competição. No primeiro ano no Leixões faz um balanço positivo nesta que é a sua primeira temporada numa Liga Profissional. 
Irmão do ex-leixonense Nélson, que jogou em Matosinhos na temporada 2009/10, Tiago Lenho aborda o encontro diante do União, na Madeira, e fala do segredo do grupo. 

A primeira parte da época tem sido atribulada para si, com pequenas lesões a impedi-lo de dar o seu contributo. Agora que está tudo bem, e que está de regresso à competição, que balanço faz da época até ao momento? 
Tiago Lenho – O balanço em termos colectivos é bom. A nível pessoal podia ser melhor, porque estive lesionado, o que nunca é bom para qualquer jogador. Mas agora espero ter ultrapassado de vez esses problemas e o quero é estar em condições de poder ajudar a equipa nos muitos jogos que temos pela frente. 

Que ideia tinha do Leixões? 
O meu irmão (Nélson, actualmente no Chaves, que jogou no Leixões em 2009/10) já me tinha dito que é um clube especial, com uma mística muito forte, com adeptos exigentes mas fiéis, que acompanham a equipa para todo o lado. Todos estes factores acabam por ser benéficos porque fazem-nos trabalhar duro todos os dias para sermos melhores a cada jogo. É uma boa pressão. 

Tiago no momento da assinatura do contrato com o Leixões
Nunca tinha jogado nas ligas profissionais. Notou muitas diferenças? 
É uma realidade diferente. Uma Liga profissional tem outras exigências. Mas já estou perfeitamente integrado e familiarizado com elas. Essencialmente porque o Leixões tem um grupo de trabalho de grande nível que ajuda imenso. Temos muitos jovens, mas também temos alguns jogadores muito experientes, o que resulta num equilíbrio perfeito. Há muita união no balneário e esse é um dos segredos do Leixões. Temos um grupo muito equilibrado em que o colectivo sobressai em relação ao individual. Mesmo quando um jogador não pode jogar quem o substitui está à altura, porque sabe perfeitamente o que tem de fazer. Um grupo é isso mesmo. Quanto ao Clube em si, é muito ambicioso, luta sempre pelas vitórias. É um dos grandes clubes da Segunda Liga e joga para ganhar em qualquer campo. 

O Leixões vem de duas vitórias seguidas na Liga. O objectivo é conseguir a terceira?  
Claro. O nosso objectivo é sempre ganhar o jogo seguinte. Trabalhamos sempre com esse intuito. Nem sempre o conseguimos, mas fazemos tudo por isso. A ideia é terminar a primeira volta do campeonato em beleza, apesar de estamos acima dos nossos objectivos, que passam por fazer época tranquila. Nesta Liga há quem tenha muito mais responsabilidade do que o Leixões. A nossa luta passa por ganhar jogo a jogo. 

Significa isso que a ideia é ir ganhar à Madeira? 
O Leixões joga sempre para ganhar. O nosso pensamento é sempre esse e tudo vamos fazer para trazer os três pontos que estarão em disputa no domingo. O União é uma equipa difícil, joga em casa, onde tem conquistado a maioria dos pontos que tem, mas nós estamos prontos para lutar pelo resultado. Respeitamos o adversário, como respeitamos todos, mas a nossa intenção é ganhar o jogo.
Partilha no Google +

About Hugo M Alves

---.
    Blogger Comment
    Facebook Comment