Destaques
....Em atualização

Leixões fecha ano com derrota

Chegaram ao final os jogos no ano de 2013. Nesta última jornada do ano, mas não a última do campeonato, o Leixões SC recebeu o GD Chaves em jogo a contar para a Liga2 Cabovisão.
Depois de duas derrotas consecutivas, o objetivo era o de dar a volta por cima voltando às vitórias diante da equipa transmontana que derrotou os matosinhenses na primeira volta do campeonato.
O Leixões até entrou bem em campo motivado pelos adeptos presentes no Estádio do Mar e aos 3’ Zé Pedro teve a primeira grande oportunidade mas foi o Chaves a adiantar-se no marcador quando estavam decorridos 26'.
Um cruzamento de Kuca para a cabeça de Barry colocou os da equipa visitante na frente do marcador e fez com que o Leixões corresse atrás do prejuízo.
Com o regresso o intervalo, os matosinhenses fizeram entrar Talles que volta assim aos jogos após lesão, o Leixões entra ainda melhor na segunda parte mas, de canto, o Feirense ampliou a vantagem aos 63' com Barry a bisar de cabeça.
O Leixões responderia pouco de pouco por intermédio de Moreira, ele que viria a reduzir a desvantagem para 1-2 tendo conseguido bater Paulo Ribeiro.
Atrás do prejuízo, o Leixões ainda tentou empatar o encontro mas, até ao apito final, o conjunto matosinhense não conseguiu violar as redes da equipa visitante e, consequentemente, pontuar.
Janeiro vem aí e o Leixões estará em campo em três competições: já no próximo sábado, dia 4 de Janeiro, o Leixões realiza o primeiro encontro de vários jogos das várias competições ao receber o Estoril-Praia em jogo da Taça de Portugal marcado para as 14h00.

Ficha de Jogo
Estádio do Mar, Matosinhos
Árbitro: Jorge Ferreira (AF Braga)

Leixões: Jorge Baptista, Zé Pedro, Ruben Saldanha (Pedras), Moreira, Cadinha, Anderson, Materazzi (Rui Cardoso), Rui Coentrão (Talles), Grafite, João Pedro e Oto'o
Treinador: Pedro Correia

Conferência de Imprensa
"Resultados justos ou injustos não existem. Apetece-me trabalhar porque queremos melhor. Durante a semana treino com jogadores, não com árbitros. Tenho de me debruçar sobre os resultados. Já fomos muito desvalorizados mas ninguém pontuou por nós. Estes jogadores trabalham muito. Estamos habituados a ganhar. Temos de reagir. Não somos ninguém no futebol. Apesar dos orçamentos das equipas não jogarem, eles também pesam. Temos 32 pontos mas queremos muitos mais pontos. Temos de trabalhar muito. Em janeiro vamos ter 8 jogos em várias competições."
Pedro Correia, treinador do Leixões SC
"Era importante terminar o ano com vitória. Jogar aqui não é fácil. É um campo difícil muito por causa da massa associativa que exerce grande apoio à sua equipa. O empate seria injusto. Durante os 90 minutos tivemos várias e boas oportunidades. A subida vai ser decidida nas duas, três jornadas finais"
Quim Machado, treinador do GD Chaves
Partilha no Google +

About Hugo M Alves

---.
    Blogger Comment
    Facebook Comment