Destaques
....Em atualização

Nuno Silva "O grupo está concentrado"

Nuno Silva, capitão da equipa de futebol profissional do Leixões Sport Club, não tem qualquer dúvida de que o nosso Clube vai regressar às vitórias na Segunda Liga no jogo do próximo domingo, frente ao Tondela. Em declarações ao site oficial do Leixões, o recordista de jogos pelo nosso Clube garante que a equipa "está unida e muito motivada" para somar três pontos e continuar a realizar um campeonato tranquilo.  

LSC – Como está a Equipa para domingo? 
Nuno Silva – Está bem. O grupo tem trabalhado bem e está concentrado para fazer um bom jogo e conseguir a vitória. Esta Equipa, apesar de jovem, é muito competitiva e tem muita qualidade.  

LSC – O Tondela está a fazer um campeonato muito regular. Espera dificuldades? 
NS – Esperamos sempre dificuldades. Neste campeonato nunca é fácil jogar seja com quem for. Mas a nossa Equipa está unida e muito motivada para levar de vencida o adversário. Ainda para mais jogamos em casa, onde temos sido muito fortes esta época. Com o apoio do nosso público maravilhoso, que espero que compareça em grande número, vamos alcançar o nosso objectivo. Os nossos adeptos têm sido muito importantes para a Equipa ao longo desta época, porque há muitos jogadores jovens no plantel. Com o apoio das bancadas fica mais fácil para os jogadores com menos experiência fazerem o seu trabalho. Sentem-se galvanizados e jogam o seu futebol sem pressão. 

LSC – Esta semana foi diferente das anteriores. O grupo sentiu isso? 
NS – Quem anda há muito no futebol, como eu, já está habituado a mudanças repentinas. Não há que ficar preocupado com isso. Há é que continuar a trabalhar em prol do Leixões, um Clube que está quase a completar 105 anos de vida. Independentemente de quem esteja no comando da Equipa, os jogadores vão dar sempre o seu máximo com o objectivo de somar mais três pontos e dar continuidade a um campeonato tranquilo. É essa a nossa obrigação. 

LSC – No último compromisso em casa, frente ao Belenenses, cumpriu o jogo n.º 362 pelo Leixões. Um recorde que ainda vai ser aumentado e que já mereceu uma homenagem pública do Clube. O que significou esse momento para si? 
NS – Representou muito. Fiquei muito orgulhoso, porque, além do mais, fiz anos nesse dia. Foi uma grande surpresa porque ninguém me tinha dito nada. Foi um daqueles momentos em que tive de fazer um esforço enorme para segurar as emoções. Para quem está há tanto tempo nesta casa ver o seu trabalho ser reconhecido publicamente, perante os meus adeptos, é sempre algo muito marcante. Sempre disse que o Leixões é o meu Clube, a minha vida. Por tudo isto, só posso dizer muito obrigado a quem se lembrou de me homenagear e também aos adeptos que durante todos estes anos fizeram o favor de me acarinhar sempre.
Partilha no Google +

About Hugo M Alves

---.
    Blogger Comment
    Facebook Comment