Destaques
....Em atualização

Pedro Correia e o atual momento da equipa

A turma de Matosinhos continua a dar cartas no futebol português e esta quinta-feira a prova disso foi a prova viva da força e da raça "leixonense". O jornal O Jogo traz hoje na sua edição uma notícia a propósito da campanha da equipa de Matosinhos que tem superado as expectativas iniciais: 
Pedro Correia é, por esta altura, o homem do momento na Segunda Liga. Não porque seja um nome propriamente desconhecido (era treinador adjunto de Horácio Gonçalves), mas pelo trabalho notável que tem feito ao serviço do Leixões. Desde cedo, se augurava um futuro negro para a equipa leixonense: problemas financeiros complicavam a contratação de jogadores e consecuentemente a formação do plantel. 
O treinador é uma espécie de capitão da embarcação de Matosinhos em mar revolto. O antigo coordenador da formação do Leixões, assumiu as rédeas da equipa à 13.ª jornada, suprimindo a saida de Horácio Gonçalves para o Paphos do Chipre, e desde então, a formação matosinhense tem tido um percurso irrepreensivel. 
Com quatro vitórias e um empate nos últimos cinco jogos, Pedro Correia admite que "a equipa fica mais tranquila", deixando claro o principal objetivo. "Procuramos fugir à confusão da luta pela descida de divisão. A equipa não vai dar um passo maior do que a perna, porque a permanência continua a ser o objetivo". 
O treinador destacou ainda o papel que os jogadores tem tido desde a sua chegada, elogiando "um grupo de profissionais incrívei, que trabalha muito para o sucesso do clube". 

Pedro Correia destaca quatro jogadores: 
Não quis individualizar, mas, perante o sucesso que a equipa tem tido destaca alguns jogadores formados no clube. Um deles, Patrão, mudou-se esta semana para Braga. 
Luís Silva - Chamado aos Sub-21 por Rui Jorge (AQUI), o médio natural de Matosinhos fez toda a sua formação na equipa do Leixões, e para Pedro Correia, "é um orgulho ver os miúdos da formação brilhar" 
Patrão - "Um talento, pedra basilar na equipa, é mais um jogador oriundo da formação e com um enorme futuro pela frente", perspetivou o treinador. 
Nuno Silva - O defesa central é também uma referência para o treinador leixonense, que destaca o "exemplo" que o jogador dá aos mais jovens, ao manter o mais alto nível sempre que é solicitado. 
Sequeira - Natural do Porto, o defesa-esquedo provém da formação do Leixões e, para o técnico leixonense, é mais uma "prova dada" dos bons jogadores que o Leixões tem produzido.
Partilha no Google +

About Hugo M Alves

---.
    Blogger Comment
    Facebook Comment